Cardi B revela ter drogado e roubado homens no passado

"Eu sempre digo a minha verdade", disse ela.
por Alyssa Morin | Traduzido Por Guilherme Della Negra | 27 mar, 2019 14:35Tags
Cardi B, Art BaselAlexander Tamargo/Getty Images for E11EVEN

Cardi B está se abrindo sobre as "coisas erradas" que ela já fez!

Ressurgiu na web um vídeo da rapper de três anos atrás e, por causa dele, ela está sendo muito criticada online. Tanto que os internautas fizeram entrar em trending topics a hashtag #SurvivingCardiB (Sobrevivendo à Cardi B, em português).

No vídeo (que é uma transmissão ao vivo feita por Cardi no Instagram Live), a artista revelou várias coisas que fez no passado, antes de ser famosa.

"Eu tive que fazer striptease. Eu falava: 'Ah, você quer me comer? Sim sim, vamos para o hotel'. E então eu drogava os homens e roubava eles", confessou ela. "Era o que eu fazia. Nada foi dado de mão beijada para mim. Nada!".

"Eu sou uma pessoa de bom coração, mas eu fiz muitas coisas erradas", adicionou Cardi.

leia também
Cardi B processa vlogueiras que disseram que ela usou drogas na gravidez

Agora, a rapper de Bodak Yellow resolver quebrar o silêncio e falar sobre o que ela disse naquele vídeo.

"Eu sempre falo a minha verdade", disse ela em um comunicado publicado no Instagram. "Eu sempre me responsabilizo pelo o que eu fiz".

"Estou vendo nas redes sociais que uma live que eu fiz há três anos ressurgiu", disse ela. "Uma live na qual eu falei sobre coisas que eu tive que fazer no passado. Seja certo ou errado, era o que eu sentia que precisava fazer para viver".

Instagram

Ela continuou: "Eu nunca disse que sou perfeita ou que vim de um mundo ou de um passado perfeito". "Eu nunca glorifiquei as coisas que eu disse naquela live e nunca nem cheguei a colocar essas coisas nas minhas músicas, porque eu não estou orgulhosa e sinto a responsabilidade de não glorificar isso. Eu fiz as escolhas que eu fiz porque eu tinha opções bem limitadas".

A estrela de 26 anos explicou que "parte da cultura do hip hop" encoraja os músicos a usarem as suas lutas para "conversar sobre as coisas erradas que você teve que fazer para chegar onde está". Ela disse que se sente "abençoada" de ter saído daquela situação, mas sabe que "muitas mulheres não saíram".

"Não há como negar que foram escolhas ruins na época. Eu fiz o que precisava para sobreviver". Ela também esclareceu que os homens que ela mencionou eram "homens que eu namorei" e que eles estavam "conscientes".

Ela terminou o comunicado dizendo: "Tudo o que eu posso fazer agora é ser alguém melhor para mim mesma, minha família e meu futuro".

fotos
Os melhores momentos high-fashion de Cardi B