Jussie Smollett

Michael Buckner/Variety/REX/Shutterstock

Jussie Smollett, de Empire, ficou na mira dos holofotes após sofrer um ataque racista e homofóbico no fim de janeiro. No entanto, o jogo virou e os policiais descobriram que Jussie teria planejado a própria agressão.

De acordo com o E! News, o ator foi preso e está sob custódia de detetives. O diretor de comunicações, Anthony Guglielmi, anunciou a notícia nesta quinta-feira, 21, observando que Jussie havia se entregado.

A notícia veio menos de 24 horas depois que o ator foi acusado de conduta desordeira por supostamente arquivar um falso depoimento policial.

No relatório, o intérprete de Jamal Lyon afirmou ter sido atacado por infratores que gritavam insultos racistas e homofóbicos.

O advogado dele divulgou uma declaração após a aprovação das acusações pelo Gabinete do Procurador do Condado de Cook.

"Como qualquer outro cidadão, o Sr. Smollett goza da presunção de inocência, particularmente quando houve uma investigação como essa em que a informação, tanto verdadeira quanto falsa, foi repetidamente vazada. Dadas estas circunstâncias, pretendemos conduzir uma investigação completa e montar uma defesa agressiva", informou a declaração.

De acordo com Tom Ahern, vice-diretor de assuntos de notícias e comunicações da polícia de Chicago, Jussie enfrenta uma acusação de crime de classe quatro, que é punível por até três anos de prisão nos EUA. 

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.