Lili Reinhart está em uma "jornada de amor próprio" e nada vai parar ela!

A estrela de Riverdale revelou no Stories do Instagram na última sexta-feira, 15, que ela começou terapia novamente. Apesar desse ser o assunto principal de seu post, ela também quis encorajar os outros a não terem vergonha de procurar ajuda.

"Um lembrete amigo para qualquer pessoa que queira ouvir: terapia nunca é algo do qual você tem que ter vergonha", disse ela. "Todo mundo pode se beneficiar de ver um psicólogo. Não importa o quão velho ou 'orgulhoso' você esteja".

A atriz adicionou: "Nós todos somos humanos. E todos temos batalhas para travar. Não sofra em silêncio. Não tenha vergonha de pedir ajuda".

A atriz que encarna Betty Cooper também explicou porque estava começando a terapia: "Tenho ansiedade e depressão".

Reinhart sempre se abriu sobre suas inseguranças, incluindo dismorfia corporal, bullying, acne e mais. Em julho, a atriz foi alvo de bullying por haters online, que fizeram comentários sobre sua aparência.

"Dizer para alguém que ela não pode se sentir insegura porque seu corpo é 'bom' é errado. Isso é parte do problema", tuitou ela na época.

Lili Reinhart, Pre-2019 Golden Globes Party, W Magazine

Donato Sardella/Getty Images for W Magazine

Ela disse algo parecido em outro tweet: "Me sentindo muito chateada pelo fato de que muita gente me fala: 'você é magra então cale a boca ao falar sobre aceitar seu corpo'. Como se a minha dismorfia corporal fosse irrelevante por causa do jeito que algumas pessoas me enxergam. Eu não sou gorda ou magra demais para me sentir insegura".

Reinhart e sua colega de elenco, Camila Mendes, também compartilharam palavras poderosas sobre positividade corporal e aparência na revista Cosmopolitan Philippines, em março. As duas criticaram o fato do corpo delas ter sido alterado com Photoshop. "Camila e eu trabalhamos muito duro para nos sentirmos confiantes e confortáveis em nossos próprios corpos. É uma batalha diária de vez em quando. E ver nossos corpos distorcidos no processo de edição é um exemplo perfeito dos obstáculos que ainda temos que superar", disse Lili.

Em uma entrevista para o E! News, ela falou mais sobre o assunto: "Como mulheres e até homens, nós batalhamos com nossos corpos todos os dias quando olhamos em um espelho, especialmente quando te colocam sob os holofotes para as pessoas criticarem nossas roupas, pele, corpo, cabelo, o que seja. É uma batalha para mim todo dia aceitar o que eu sou, meus defeitos e saber que tudo bem se eu não poder mudar algumas partes de mim".

Em agosto, Reinhart foi honrada com o troféu "O Poder da Jovem Hollywood", da revista Variety. No evento, Lili falou sobre ser um "ser humano abertamente com defeitos" e "imperfeita". "Ao aceitar essa honra, é importante pra mim reconhecer todos os fãs - todas as pessoas jovens com quem eu celebro o meu sucesso - que me deram o poder de ser honesta sobre a minha experiência pessoal com dismorfia corporal, terapia, bullying e problemas de saúde mental".

"Poucos influenciadores estão dispostos a falar sobre seus defeitos, e isso é algo que eu quero mudar. É aí que eu me toquei do quanto é importante para mim ser autenticamente eu mesma: imperfeita, mas ainda poderosa", continuou.

  • Share
  • Tweet

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.