Lady Gaga resolveu desabafar ao falar sobre homofobia e religião em uma apresentação de sua residência em Las Vegas, Enigma, que aconteceu nesse final de semana. Arrasa, Gaga!

Os comentários foram direcionados para o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assim como o vice-presidente, Mike Pence, e sua esposa, Karen Pence.

Para quem não sabe, Karen aceitou uma proposta de emprego recentemente em uma escola cristã no estado de Virginia que está causando muita controvérsia na web. No contrato do local, foi descrito que os funcionários devem entender que o termo "casamento" é usado exclusivamente para a união entre um homem e uma mulher.

Além disso, "homossexualismo, poligamia, transgêneros e qualquer outra violação do papel da mulher e do homem" são considerados "má conduta moral" na escola. Nos documentos, também foi afirmado que alunos "gays, bissexuais" ou que "são a favor da imoralidade sexual" serão expulsos.

Ao comentar a notícia, Gaga afirmou: "O que eu sei de cristianismo é que nós não temos preconceito e todo mundo é bem-vindo. Então você pode retirar toda essa desgraça, Sra. Pencer, e se olhe no espelho". "E para Mike Pencer, que acha que é normal uma esposa que trabalhe em uma escola que expulsa os homossexuais. Você diz que não devíamos descriminar - você é a pior representação do que significa ser Cristão", continuou a cantora.

No fim, Gaga também mandou uma mensagem pro atual presidente dos EUA, Trump: "Será que a porr* do presidente dos Estados Unidos conseguiria organizar o nosso governo? Tem pessoas que vivem com pouco salário por mês e eles precisam do dinheiro deles".

Criador de Celebridades: Toda quinta-feira, a partir as 20h. Só no E!

  • Share
  • Tweet

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.