Meghan Markle é nomeada patrona de 4 organizações

A Duquesa de Sussex irá cuidar das áreas de artes, acesso à educação, apoio às mulheres e bem-estar animal

por Elyse Dupre | Traduzido Por Miriam Kaibara | 10 jan, 2019 14:38Tags
Meghan Markle, Christmas Day Joe Giddens/PA Wire

Meghan Markle, que foi convidada para casamento do irmão, acaba de ganhar 4 novos cargos na realeza! Meghan foi nomeada patrona de causas que ela já tem trabalhado nos últimos anos. São elas: artes, acesso à educação, apoio às mulheres e bem-estar animal. 

Dois cargos foram transmitidos pela Rainha Elizabeth II . O primeiro é o Teatro Nacional, no qual a sua Majestade foi patrona por 45 anos. De acordo com o Palácio de Kensington, Meghan "acredita fortemente em usar as artes para unir pessoas de diferentes vivências e comunidades". Esse pensamento se alinha diretamente com a missão do Teatro Nacional, que é fazer o teatro estar disponível para todos. 

A organização consegue isso de várias maneiras, incluindo os programas de educação criativa dos jovens, os programas digitais e a iniciativa "Atos públicos". Apesar do Teatro Nacional acidentalmente publicar a novidade da duquesa em seu site, os fãs da família real provavelmente já esperavam pelo anúncio. Afinal, Meghan estrelou o seriado Suits por vários anos antes de se casar com o Príncipe Harry, se formou em teatro enquanto freqüentava a Universidade Northwestern e se voluntariava em um programa de artes performáticas para crianças, em Los Angeles.

leia também
Meghan Markle e Kate Middleton surgem sorridentes em evento de Natal

Já a segunda patronagem que ela vai herdar da Rainha é da Associação das Universidades Commonwealth, que Elizabeth apoiou por 33 anos. Meghan tem sido reconhecida por seu trabalho de acesso á educação e recentemente falou sobre essa paixão durante seu primeiro discurso real em Fiji. De acordo com o Palácio de Kensington, a AUC, que foi fundada em 1913 e é uma das redes de universidades mais antigas do mundo, "defende o ensino superior como uma força para o bem na Commonwealth". Ela atinge esse objetivo de diversas formas, incluindo programas de bolsas de estudos. Um deles é o The Queen Elizabeth Commonwealth Scholarships, que encoraja universidades a incluírem políticas desafiadoras como resiliência climática e promoção da paz.

As outras duas causas são caridades que Meghan decidiu apoiar. A primeira é a Smart Work, uma organização que "ajuda mulheres desempregadas e vulneráveis a longo prazo a resgatarem a confiança que precisam para ter sucesso em entrevistas de emprego, retornando ao trabalho e transformando suas vidas". A organização também fornece às mulheres vestimentas apropriadas e treinamento para as entrevistas. De acordo com o Palácio de Kensington, Meghan visitou a organização várias vezes ao longo do ano passado e se voluntariou com causas que apóiam iniciativas semelhantes, incluindo um programa universitário que oferecia vestidos de formatura para mulheres em áreas menos favorecidas. Ela também defendeu o empoderamento das mulheres durante suas viagens anteriores à Índia e a Ruanda, onde trabalhou para ajudar a mobilizar mulheres em situações difíceis.

E por último, mas com certeza não menos importante, temos a Mayhew, uma organização do bem-estar animal que usa doações públicas para melhorar as vidas de cachorros, gatos e pessoas a nível local e internacional. A organização oferece um número de iniciativas, incluindo trabalho com abrigos sem-teto para manter os donos e seus animais juntos e ainda tem um programa que oferece refúgio aos bichos. Além de tudo isso, também tem fontes educacionais que ensinam às pessoas a serem donos responsáveis. 

"A Duquesa entende de longa data a conexão entre o bem-estar dos animais e da comunidade e tem apoiado diversos centros de resgate animal em Los Angeles", revelou o Palácio. 

Veja abaixo nossa galeria com As fotos da gravidez de Meghan Markle:

fotos
VEJA MAIS FOTO DE As fotos da gravidez de Meghan Markle
Criador de Celebridades: Toda quinta-feira, a partir as 20h. Só no E!